quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Grupo de percussão Mucambo pesquisa o maracatu

Mariele Velloso
                                                                                         Divulgação
   Alunos aprendem a tocar vários instrumentos 
O grupo Mucambo surgiu há seis anos quando seu presidente, André Mendes, resolveu criar uma escola que ensinasse percussão e a história da cultura popular brasileira. Porém, só foi registrado como uma associação há dois anos. O grupo também surgiu com a intenção de pesquisar sobre os ritmos brasileiros e suas influências africanas.

O Mucambo oferece oficinas de percussão no Conservatório Estadual de Música "Padre José Maria Xavier", com turmas formadas anualmente, as quais, além de passarem por todos os instrumentos, aprendem a história dos ritmos que tocam. As oficinas têm a duração de dois anos e os alunos podem se agregar ao grupo de apresentação do Mucambo ou criarem seus próprios grupos. Os alunos aprendem a tocar vários instrumentos como chocalho, tambor, gonguê, agogô, pandeiro, entre outros.
                                                                                                                              Divulgação
Mucambo realiza apresentações na rua
André Mendes enfatiza o caráter de pesquisa que o grupo possui. Os integrantes mais antigos fazem viagens a Recife, que possui fortes tradições de ritmos, para entender mais sobre o que ensinam e praticam. O presidente também estuda os grupos de percussão da região e atualmente faz um mestrado pela UFMG, sobre um grupo de congado do distrito Santo Antônio do Rio das Mortes Pequeno.

Débora Fantini, secretária do projeto, afirma que o grupo não toca apenas Maracatu, mas também outros ritmos, como ciranda e coco. Eles realizam diferentes tipos de apresentações como o “Cortejo”, que acontece na rua e chama as pessoas para acompanhá-los, e a “Aula-Espetáculo”, em que os alunos participam e trocam informações sobre a cultura popular.

O grupo, formado pelos percussionistas André Mendes, Cynthia Viana, Débora Fantini, João Pedro Rodrigues e Vinícius Gannais, está iniciando um projeto em que pretendem produzir vários espetáculos, quando convidarão outros músicos para tocarem instrumentos diversos.

O grupo Mucambo está aberto para todos, acima dos 15 anos, que queiram aprender percussão e conhecer mais sobre a cultura popular.

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...